Xamanismo

Xamanismo

Xamanismo, são práticas, estudos ancestrais de sinergia com pedras, plantas, danças, cantos, rezos, utilizando o poder dos ancestrais, dos animais de poder, dos elementos da natureza, tudo isso com muita alegria e celebração.

Práticas que desenvolvem virtudes humanas para acender o mestre interior de cada um, são rituais que vão além de resgatar a ancestralidade genética, são rituais para acionar o ser indígena, a consciência “InDio”, In (em) Dio (Deus). Ancestralidade que veio com os povos das estrelas, um estudo para a reaprender a viver em comunidade, aprender a lidar com a energia no plano material, sem se perder no materialismo, a entrar nos planos mais sutis com atenção e foco, presente no aqui agora. É algo que vai muito além das palavras, a sensação desta conexão é algo a ser sentido, é dificilmente expressado em palavras.

Todas as culturas ancestrais do mundo realizavam práticas xamânicas, desde Ásia, a antiga Sul Améria, África e Américas.
São práticas ancestrais que conectam com o extra-físico, com o mundo dos espíritos, um estudo para Religar-se.
Atualmente somos parte de Tudo e de Todas as culturas, carregamos um pouco de cada povo, de cada lugar no nosso DNA e podemos relembrar a sabedoria, liberar as limitações, receber a benção dos ancestrais, afinal nós somos os frutos que foram plantados.

Quer mudar o presente, conheça suas raízes e colherá bons frutos no futuro. Descubra o que está alimentando e escolha as sementes que irá plantar.

Esse é um convite para “ComViver” com sua raiz xamânica.

Rituais Xamânicos

o Toré, a dança do Sol, a dança da Lua, o Haka, o Inti Raymi: São danças e celebrações que enviam mensagens aos ancestrais e ao espírito da natureza, para agradecer, para receber bênçãos, força, superação, equilíbrio, fertilidade, aguá, cura, abundância, conexão, mensagens em visões e para ancorar na terra os frutos recebidos, demonstrando sua força, vida em unidade e comunhão. Além da diversão em família.

Rituais com medicinas: Medicinas são plantas, desde plantas “comuns” a plantas enteógenas (plantas de poder), que despertam sentidos para a conexão com seu interno, a alma da natureza e seres ancestrais, para a consciência indígena, tudo é medicina, só é preciso ter um propósito. No decorrer dos anos, a humanidade utilizou diversas plantas de poder, para explorar a consciência, a comunicação, o foco. Algumas acabam sendo mais conhecidas que outras, mas essas plantas estão espalhadas pelo mundo inteiro. Essas plantas têm o potencial de expandir os sentidos psíquicos, expandir o cardíaco, conecta com o Amor e suas virtudes. Cada planta com sua magia, uma para abrir a comunicação, outra para realizar as manifestações, outra para mergulhar no interno, para expandir a alegria, trazer a sabedoria da compaixão, utilizar a sabedoria e os artefatos da natureza para explorar as faces do Ser Humano.

Rito do Temaskal: Conhecido também como tenda do suor, representa o útero da Mãe Terra. Montada com a base nas quatro direções sagradas. Esse ritual acontece com as avós pedras, avós por serem os seres mais antigos Terra, essas pedras são aquecidas em uma fogueira (representação do Sol), depois de bem quentes o homem, ou mulher fogo, retiram essas avós, passam pelo altar (representação da lua) e entram na tenda, onde as pessoas ficam bem juntas, para passar por um ritual de purificação, a Mulher, ou Homem Medicina que guia essa cerimônia, coloca ervas e água nas pedras, liberando muito vapor e calor, liberando memórias para se curarem. Em um ritual de tamazkal, uma pessoa troca toda a água do corpo, e a maioria desses rituais é realizado em 4 portas, uma para cada direção, e cada porta trabalhando um corpo (físico, mental, sentimental, espiritual), é recomendado que a pessoa que participe vá até o final, para superar as limitações.

Rito de Iniciações: Diversos povos, realizam iniciações, um “batismo” nesta cultura. Por exemplo, para os norte americanos e américa central, realizam a busca da visão, um processo de subir a montanha e ficar alguns dias, esses dias vão aumentando ano após ano, durante 4 anos, essa busca tem a intenção de reencontrar seu propósito, esclarecer as dúvidas existenciais com o Grande Espírito. Nas tribos da América do Sul, acontecem diferentes rituais para iniciar uma pessoa nesta cultura, desde pinturas, cantos, danças, trabalhos com medicina e superar algum desafio, a base para uma iniciação é superar algum desafio estabelecido pela tribo.

Vivências

Retiros Xamanicos

A floresta amazônica está nos chamando!

Em 2019, serão realizados três Retiro Yawanawa – Yawanawa retreats em parceria com o Grupos de Viagem Brasil, e os habitantes da bela Aldeia Yawarani – Terra Indígena Yawanawa | Amazonia, Acre/Brasil convidam a irmandade para compartilhar este momento de convivência com a comunidade e seu cotidiano, além do estudo e fino das medicinas tradicionais com os anciões, caciques, lideranças espirituais e estudantes da comunidade.

O Programa de Etnoturismo da Aldeia Yawarani apoia os projetos de desenvolvimento sustentável da aldeia, relacionando-se diretamente com a saúde, infraestrutura da comunidade, qualidade da água, produção de alimentos, transporte e educação ambiental. Sua participação neste retiro apoia esta iniciativas da Comunidade, agradecemos por sua consciência, venha participar conosco do nosso crescimento coletivo!

Será uma especial jornada, uma imersão na Amazônia Ancestral, com um povo que tem uma cultura tradicional imemorial que resiste ao tempo… Vamos sentir esta força!

Para mais informação deixe aqui seu contato!