Publicado em Deixe um comentário

Temos 7 corpos! Conheça as dimensões do ser humano que nem todos conhecem.

Conheça os 7 corpos.

A existência dos corpos espirituais é desconhecida ainda por muita gente. Há quem considere apenas o plano físico e há também que admita a crença na alma. Entretanto, mais elementos fazem parte dessa equação e os seus contornos não devem ser assim simplificados. Para compreender o ser humano completamente, é preciso admitir toda a sua plenitude.
Os corpos espirituais são conhecidos apenas como corpos, níveis mentais, dimensões psíquicas ou consciências. Todas essas expressões se referem à mesma coisa. Os corpos acompanham-nos durante toda a vida e, apesar de trabalharem em conjunto, funcionam em dimensões diferentes. Povos como os hindus, egípcios e hebreus já falavam sobre essa divisão e, atualmente, algumas linhas do Ocultismo seguem o pensamento.

Entendendo os 7 corpos espirituais

A primeira coisa que precisamos saber sobre os corpos espirituais é que eles são 7. Além do corpo físico e da alma, que são mais difundidos, existem outros 5 níveis. Eles são de fundamental importância, pois, entre outros motivos, a nossa matéria não suportaria a quantidade poderosa de energia do espírito diretamente. As dimensões que ficam entre as duas funcionam como uma espécie de filtro e evitam a ebulição do ser.

Corpo físico:

É basicamente aquele que conseguimos ver, a matéria e tudo o que ela integra: órgãos, tecidos, células, sistemas. Ele serve para receber todas as outras informações e a energia que recebemos de um plano superior, é a roupa que vestimos nessa encarnação. Como tal, deve ser aceito por nós, cuidado, alimentado, apesar da sua condição temporária. Por ser visível e palpável, é o único dos corpos espirituais estudado pela Ciência.

Corpo etérico ou duplo etérico:

Nós não o vemos, mas sentimos. Ele é formado pela aura, chakras e nadis (veios que levam a energia aos chakras) e é considerado bioeletromagnético. Por ser constituído de muita energia, tem uma aparência luminosa e que pode variar do laranja ao azul. A sua ruptura pode comprometer a sobrevivência e a saúde do ser em questão. Enquanto o corpo físico renova-se, esta mantém-se igual durante toda a vida.

Corpo astral:

Aquilo que muitos reconhecem como alma é, na verdade, o nosso corpo astral. De todos, é o único que muda de aparência conforme viaja energeticamente pelos planos. É bastante sensível e isso explica o fato de ser ele o responsável por aquilo que sentimos e desejamos. Durante o sono, deixamos o corpo físico e viajamos com o corpo astral, mas, quando não há uma consciência e evolução sobre isso, lembramos apenas de partes do que aconteceu e acreditamos que foi um sonho.

Corpo mental:

É basicamente constituído pela nossa mente, que não é a mesma coisa que o cérebro. A mente organiza os pensamentos e esses manifestam-se através do cérebro. O objetivo da iluminação e racionalização do ser é controlar esse corpo e submetê-la à sua vontade.

Corpo causal:

Também conhecido como corpo mental superior ou abstrato, é uma espécie de reservatório das nossas memórias de todas as vidas. É a fonte dos nossos desejos, da intuição e da imaginação. Está intimamente ligado à individualidade.

Corpo Búdico:

O Buddhi ou corpo cósmico não tem ligação com o tempo. Dentre os corpos espirituais, é neste que está a verdadeira sabedoria. Está muito distante do nosso poder de compreensão e do plano físico, por isso ainda é pouco conhecido.
Corpo átmico: É o plano mais elevado do ser humano, o seu espírito, a consciência mais pura. Pode ser também chamado de Atman, Espírito de Essência, Eu Cósmico, Eu Divino. É composto basicamente de luz, o nosso Deus Interno.

Referências

Fonte: WeMystic -https://www.wemystic.com.br/artigos/corpos-espirituais-as-7-dimensoes-do-ser-humano-que-nem-todos-conhecem/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *