Publicado em Deixe um comentário

Yonieggs e o poder dos cristais

O poder oculto dos minerais

Os “cristais” desde sempre estiveram presentes em nossas vidas. Hoje em dia, podemos encontrá-los em relógios, (Cristais de Quartzo). Recentemente na medicina, nas cirurgias em que se usam raios á laser (Cristais de Rubi). Nas últimas décadas os Cristais têm sido “redescobertos” pela humanidade, seja para curas espirituais, para meditações, para energização dos chakras, plantas e animais, bem como para decoração de ambientes, residenciais ou não.

Existem várias maneiras de se usar os Cristais no nosso cotidiano: Proteção da Aura, de Água, Meditações, limpar a Aura, Elevação do Nível de Consciência e para Aumentar o Poder de Visualização. As pessoas, normalmente, sempre trazem consigo o seu cristal pessoal, aquele que somente ela toca e que, portanto, não recebe influências energéticas de outra pessoa. Escolher um Cristal é uma coisa que depende de sensibilidade e intuição, pois só quem vai utilizá-lo é que conseguirá “sentir” se vai harmonizar-se com ele.

Havendo está harmonização, haverá uma integração energética entre o Cristal e a pessoa.

Limpeza e energização dos cristais

Os cristais, após serem adquiridos, deverão receber um tratamento especial de limpeza e energização , pois antes deste processo as pedras já absorveram muitas energias positivas e negativas dos corpos físicos com os quais estiveram em contato e ambientes por onde passaram.

Ao adquirir o cristal, lave-o com água e sabão neutro em água corrente, e se necessário, faça uso de uma escovinha, enxaguando bem. Após lavá-lo, coloque-o dentro de um vaso de planta, diretamente na terra, pode ser um vasinho pequeno ou até uma jardineira muito comum em apartamentos, porém este vaso deve receber a luz do Sol e a luz da Lua e deixe a pedra lá por 3 dias e 3 noites. Durante este tempo, regue esta planta jogando a água diretamente sobre a pedra. Não molhe muito para não encharcar a raiz da planta, basta só um pouquinho. Durante estes 3 dias, acenda próximo desta pedra, incensos. No primeiro dia, incenso de limpeza como alecrim, arruda, cravo da Índia, eucalipto, benjoim, cânfora, mirra, qualquer um destes. No segundo e terceiro dias, incensos de energização, atração de energias positivas como Sol (durante o dia), Lua (durante a noite), verbena, sândalo. Assim, a pedra receberá a energia da Terra, ao entrar em contato com a terra do vaso; da Água, ao regar a planta; do Fogo ao estar recebendo a luz do Sol; e do Ar ao estar ao ar livre; não esquecendo das energias poderosas da Lua e do aroma e fumaça dos incensos que sempre faz a nossa ligação espiritual com as forças astrais.

Você pode limpar várias pedras ao mesmo tempo, não há problema quanto a isso. Você também, sempre que chover, colocar as pedras na chuva, mas não deve ficar embaixo de calhas ou goteiras, e sim, diretamente na chuva, sem que haja nada entre as pedras e o céu, só a chuva.

Programação

Logo após a limpeza é necessário fazer a programação. Após às 18h, prepare um pequeno altar (de acordo com a quantidade de pedras), pode ser um banquinho forrado com uma toalha; uma pequena parte da mesa de sua casa, onde forrará com uma toalha ou no seu próprio altar, se tiver um. Coloque 1 copo de água mineral, de cachoeira ou filtrada; 1 vela branca e 1 incenso de ligação espiritual (que pode ser benjoim, incenso, lua, sândalo, sol ou shivam ), não acendam ainda. Sente-se num lugar tranquilo, esvazie sua mente de qualquer assunto que não esteja ligado à programação do cristal. Inspire profunda e lentamente pelo nariz e solte pela boca.

Pegue a pedra com as duas mãos e converse com ela sobre a sua função a partir daquele momento, como: a partir de hoje sua função será a de cura; ou proteção; ou atrair prosperidade; ou atrair a saúde; ou afastar energias negativas… Visualize uma luz branca te envolvendo e coloque a pedra dentro das duas mãos em concha e continue mentalizando por um pouco mais a sua programação. Toda a mentalização pode durar mais ou menos 20 minutos. Após a mentalização, leve a pedra até o altar preparado anteriormente e coloque a pedra no centro do altar. Acenda a vela e o incenso e deixe lá até o outro dia. Ao acordar coloque sua pedra em local adequado e faça bom uso dela. Evite que outras pessoas a toquem, mas caso isso aconteça, energize-a por 1 dia e 1 noite de acordo com a “Limpeza do Cristal”. Energize-a também quando você sentir necessidade.

Você poderá programar várias pedras para a mesma função ao mesmo tempo; e caso você queira programar outras pedras para outras funções, poderá usar o mesmo altar, porém, deverá mentalizar uma função e depois fazer outra mentalização para outra função. Por exemplo: faça mentalização de pedras curativas, coloque as pedras no altar, descanse um pouco e comece a mentalização e programação de pedras protetoras e coloque as pedras no altar. E só quando todas as pedras estiverem no altar é deverá ser acesa a vela e o incenso. O ideal é fazer uma programação por vez, porém, em caso de urgência, pode-se fazer até 3 programações.

Faça sua programação e mentalização com muita calma e dedicação e lembre-se de que você nunca está só. E ao final, sempre agradeça aos espíritos de luz que o ajudaram.

Yoni Eggs

Medicina Vaginal dos Yoni Eggs (Gemas de Cristal Intravaginais) é uma herança da Tradição Ancestral guardada e transmitida pela escola tântrica chinesa taoísta e pela escola feminina mexicana.

A tradição da escola chinesa ensina que a sexualidade é o elixir da longa vida. Estas ancestrais femininas reconheciam na força da sexualidade um ponto de partida para uma consciência expandida da vida, e usavam estas portas internas de percepção para compreender o modus operandi desta experiência mística altamente profunda da realidade humana. Dentro da vivência feminina, as gemas se tornaram ferramentas para adquirir conhecimento, curar doenças, reprogramar crenças, prolongar a juventude e aumentar a beleza.

Sincronicamente, as mulheres das tribos indígenas maias no Antigo México também desenvolveram suas próprias práticas com as gemas de cristal, embora pertencessem a uma cultura diferente. Temos aqui a manifestação de um campo mórfico do Sagrado Feminino bastante relevante. O jade na China Antiga e a obsidiana no México eram as pedras mais utilizadas na antiguidade por essas queridas ancestrais.

A sabedoria milenar deixada por nossas ancestrais tântricas aponta que o períneo sempre foi a região mais frágil das mulheres, local por onde a energia vital se esvai com maior facilidade durante o processo de envelhecimento.

Nesta região temos o músculo pubo-coccígeno, também conhecido como MPC. Essa musculatura é a força que sustenta a estrutura basal do corpo humano e tende a se tornar mais fragilizada nas mulheres por falta de exercício, ocasionando a perda da vitalidade com sintomas de fadiga crônica e envelhecimento precoce.

Nossas ancestrais da Antiga China se preocupavam com a imortalidade. A lenda dos imortais da China não é mera coincidência neste caso, pois esta civilização sempre estudou as formas da energia vital como também a maneira correta de armazená-la no vaso físico para aumentar a longevidade, pois a velhice era vista como uma consequência natural que gera muitas deficiências e doenças. Assim, as chinesas aprenderam a armazenar a energia sexual nas gemas de jade usando-as como bateria e ferramenta de cura.

Desta forma, o verdadeiro trabalho com os yoni eggs possui uma raiz tântrica, isto é, de linhagem matriarcal, comportamental e desrepressora, embora nem todas as suas dinâmicas sejam pautadas nos exercícios sociais do Tantra tradicional, pois estes exercícios tendem a mudar de acordo com os filtros culturais de cada civilização.

Este trabalho visa principalmente:

  • Curar, limpar e abrir espaço para cultivar o amor de si;
  • Ensinar a mulher a armazenar a energia da própria sexualidade (a força vital) dentro do cristal para sua cura e usufruto;
  • Fortalecer sua musculatura para empoderar-se energeticamente e fisicamente;
  • Esvaziar as caracterizações que impedem o Feminino de ter uma relação e experiência direta com a Shakti, a energia suprema feminina da qual toda nascida mulher é herdeira biológica.

Dentro da tradição tântrica, a experiência da expansão da consciência através do uso da sexualidade também é descrita como experiência oceânica ou êxtase, e possui uma peculiaridade orgástica em que a energia vital kundalínica se expande e passa a percorrer o corpo todo, através de ciclos e etapas internas, sem que necessariamente haja um intercurso sexual.

Dentro do trabalho com os yoni eggs, isso ocorre por meio de processos similares, porém, com o uso das gemas de cristal, com conhecimentos adaptados às necessidades atuais, que são fornecidos através das práticas que geralmente são ensinadas dentro dos círculos de Sagrado Feminino ou em orientações individuais, cujas pérolas são compartilhadas em gotas nesta nossa primeira cartilha.

Fonte

Fonte: http://www.forcasmisticas.com.br/poder-dos-cristais.php

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *