Publicado em 4 comentários

O sincronário da paz

Tecnologia antiga

Esta ferramenta foi desenhada pelos sábios Maias com o objetivo de sincronizar o ser humano em sua verdadeira freqüência das 13 luas de 28 dias. Conhecida como freqüência 13:20 ( 13 tons galácticos e vinte tribos solares), esta vibração permite que o ser humano perceba a noosfera, a rede do pensamento que une todas as consciências em um nível planetário de manifestação.

Os conhecimentos dos ciclos da criação permitem que analisemos as energias do dia de acordo com o movimento do Sol e da Lua, criando o Tzolkin, o tear sagrado dos maias, compostos de 260 unidades conhecidas como kins planetários. Cada kin é uma combinação da energia de uma das vinte tribos solares sincronizado com um dos treze tons galácticos da criação.
Este tear 13:20 (imagem abaixo) é a rede da vida, a conexão que existe entre todos os seres que habitam nosso amado planeta.

As ondas encantadas são unidades do tempo que permitem que possamos identificar e potencializar, nossos propósitos de vida, descobrir nossos desafios, ativar nosso serviço e definir a melhor forma de agirmos. Conhecer maneiras de utilizar este conhecimento é uma importante chave do autoconhecimento, com traços especiais que facilitam a rememoração da programação existencial.

Este calendário é uma ferramenta cósmica para que possamos transcender a matriz tridimensional do ego que nos aprisiona a este plano físico. Através da dissolução desta energia tridimensional, entramos no formato do cubo consciencial, que transcende a matriz quadridimensional do tempo, quebrando as limitações do universo físico. Esta vivência do cubo da vida faz com que experimentemos o passado, presente e futuro simultaneamente, uma forma não linear de tempo e espaço. Neste estágio de expansão, o não-tempo, nos tornamos totalmente despertos para a realidade da quinta dimensão.

Esta ferramenta evolutiva, engenhosamente desenhada pela Hierarquia da estação intermediária de Archturus, provê o conhecimento das modificações geofísicas, astrofísicas e espirituais que afetam o planeta durante as modificações evolutivas quânticas. Este ensinamento foi trazido diretamente aos seres humanos através das pirâmides das Américas e são formados de calendários cronológicos sincrônicos. Estes conhecimentos promovem uma expansão da consciência humana que pode interagir com inteligências desde a quinta até a nona dimensão consciencial, e posteriormente estendidas à outras dimensões conscienciais. É através deste calendário que surgiram diversas teorias sobre o dia 21 de dezembro de 2012, quando irá ocorrer um alinhamento cósmico entre nosso sistema solar e o centro da galáxia. Neste calendário de longa contagem, nos sincronizamos com a contagem do tempo das Plêiades, que funcionam como uma chave para acessarmos as dimensões mais expandidas da percepção consciencial.

Com muito amor, devemos aprender a utilizar estes conhecimentos ancestrais e assim estarmos sincronizados com a harmonia e plenitude da Mãe natureza, expressa nas criações e revoluções de nosso universo físico. Salve a harmonia da mente e da natureza. A cultura galáctica vem em paz.

Qual é meu kin?

Cada um de nós carrega um Kin (ou Assinatura Galáctica) específico de acordo com a nossa data de nascimento. Esse Kin nos caracteriza com uma energia única, que carregamos desde o dia em que nascemos até a eternidade.

A sua Assinatura Galáctica faz parte de uma possibilidade entre as 260 codificadas no Módulo Harmônico, a matriz sagrada do Tzolkin.

Ao interpretar o papel da sua assinatura, você permite a si mesmo (e também ao seu corpo, mente e espírito) vibrar naquela frequência específica. Esse é o seu presente para o universo.

Calcule seu Kin: http://tzolkin.com.br/calculadora-kin/

Para quem quiser aprofundar mais na Lei do tempo e no sincronário da paz encontramos essa cartilha no site sincronariodapaz.org.

Ver cartilha PDF: Aprendendo a lei do tempo.

O dia fora do tempo

“Neste dia, os Maias se preparavam para um novo ciclo. É um dia para perdoar, soltar, liberar o que não nos serve mais e nos abrirmos para recarregar e recomeçar, pautados no AMOR E GRATIDÃO por tudo que recebemos no ciclo anterior.”

Durante sua permanência no planeta Terra os Maias cósmicos (seres interdimensionais) nos ensinaram os segredos do tempo galáctico, cientes dos ciclos lineares limitadores a que todos nós seres humanos fomos submetidos.

Sabiam que tínhamos perdido a habilidade natural de perceber os ciclos de Luz Cósmica ao longo de nossa existência, e que esta forma linear do tempo atual é controladora e esconde os verdadeiros aspectos multidimensionais do tempo.

A contagem do tempo Maia se baseia em 13 ciclos lunares de 28 dias por ano solar, perfazendo 364 dias, mais um chamado de ‘Fora do Tempo’…

Os Maias consideram este dia como uma grande oportunidade de reciclar, recomeçar, recarregar as energias, liberar o que já não é mais preciso, agradecer por tudo que foi recebido no período anterior em todos os aspectos.

Agradecendo inclusive mesmo os momentos aparentemente ruins ou dramáticos, pois terão sido importantes aspectos de nosso aprendizado e evolução como seres humanos cuja essência é espiritual.

Nesse dia, que manifesta uma maior conexão com a Essência Geradora, os antigos Maias reservavam muito tempo para orar, meditar e receber a orientação interior quanto aos próximos passos a serem dados no Caminho em direção ao Pai.

No dia 26 de Julho recomeça um novo ciclo com o nascimento astronômico de Sirius, que se eleva no horizonte junto com o Sol, trazendo uma energia de limpeza e purificação interior, trabalhando sutilmente nossos corpos sutis, principalmente o emocional.

Referências


Sincronário da paz. Disponível em: http://conscienciacristal.blogspot.com/2011/05/sincronario-da-paz.html

Qual é meu kin?. Disponível em: http://tzolkin.com.br/meu-kin/

4 comentários sobre “O sincronário da paz

  1. Quero saber sobre meu signo

    1. Amor aqui no site temos atendimentos online, dentre eles o de astrologia.
      Marque uma sessão você vai adorar.
      Bem vinda!

  2. Dialogo Competitivo
    Existem diversar formas de dialogo, uma que nao é legal é quando alguem fala alguma coisa que fez ou gosta e a outra pessoa entra em estado de competição contigo e em vez de dar continuidade ou falar sobre aquilo que voce fez ou gosta fala sobre algo que ela tenha feito mais “foda” que voce e já direciona todo dialogo para ela mesma. Ou algo que ela goste ou pense que deixe-a em um tom de superioridade ou por questões morais mais elevadas ou questões de liberdade. Se a gente se distrai o nosso ego corre solto pelo mundao fazendo cagadinhas…

    macacogalactico.blogspot.com

    1. Né! <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *