Publicado em Deixe um comentário

Conheça o poderoso orégano!

oregano

A cura está logo ali, na horta! Conheça o poderoso orégano

Orégano é o tempero preferido da clássica culinária italiana, ele dá sabor a molhos, pizzas e carnes. Diferente de outras ervas consumidas frescas, o orégano possui um sabor mais proeminente se consumido seco. Mas ele não deve ser cozido ou perderá seu gosto, portanto, deve ser o último ingrediente adicionado ao prato.
O orégano é da família Lamiaceae e seu nome científico é Origanum vulgare. Origanum deriva do grego orosganos que significa “alegria da montanha”, e vulgare que vem de comum. Esta erva era encontrada com facilidade no seu lugar de origem que vai do baixo mediterrâneo até o Marrocos.
Os gregos acreditavam que a erva possuía uma capacidade mágica de trazer felicidade. Em seus casamentos na antiguidade, os noivos se coroavam com orégano e plantavam nos cemitérios para assegurar uma vida feliz no outro mundo.
O orégano se tornou popular em boa parte da Europa graças ao Império Romano que levou seus costumes e tradições para outros povos. Apicius, o famoso cozinheiro romano, considerava o orégano essencial no preparo de molhos. Já na Idade Média o orégano passou a ser usado para fabricar remédios para infecções e dores de ouvido.
Ele também é conhecido como um dos mais antigos conservantes alimentares, evitando a concentração de fungos e prolongando a “vida” do alimento. O Orégano tem alta atividade antioxidante pela presença de fenóis e flavonoides. Suas propriedades antimicrobianas frente aos patógenos presentes nos alimentos, faz com que ajude a preservar alimentos.
O orégano pode ser aproveitado como tempero, conservante, chá e na forma de óleo essencial. A planta é altamente rica em vitaminas A, C e E, substâncias como cálcio, zinco, ferro, potássio, flavonoides, manganês, magnésio, niacina entre outras substâncias.
Muitos creditam ao orégano o fortalecimento da psique, acalmando sentimentos negativos como o ciúmes. A erva ainda trata doenças psicossomáticas e distúrbios emocionais em idade avançada.

O poder mágico do Orégano

Na Fitoenergética, área que estuda a energia das plantas, se utiliza principalmente o chá do orégano. Ele é utilizado pra conseguir estruturar moradia, casa, convívio, instalar-se e criar raízes. Também criar projetos duradouros e concretos, e estimula a honrar compromissos e acordos, cumprir promessas e construir uma história de vida.
Para fazer o chá coloque uma colher de sopa de folhas de orégano, secas ou não, numa xícara; esquente uma xícara de água e desligue assim que surgirem as primeiras bolhas de fervura; despeje a água na xícara contendo o orégano, coe e tome ainda morno.
É a função do chá relacionada ao poder oculto, ou à energia sutil da planta que atua na alma humana, no campo dos pensamentos, sentimentos, emoções e até no campo espiritual.Para usar a Fitoenergética, você também precisa saber combinar as plantas de acordo com as suas faixas de frequência e montar um composto com a polaridade correta. Contudo, uma simples oração no momento do preparo já será suficiente para que a fitoenergia seja ativada.
A outra grande vantagem é que, se você usar exatamente como o método da Fitoenergética recomenda, você não terá qualquer tipo de contraindicação e poderá usá-la associada a qualquer outro tipo de tratamento que você ou alguém que você queira ajudar esteja recebendo.

O remédio está na horta!

O orégano é uma planta muito usada na culinária e que pouco sabemos a respeito, o Orégano. Seu nome científico é Origanum vulgare, a planta vem da região mediterrânea e é bem comum na culinária daquela região, mesmo que antigamente se utilizava essa planta mais para remédios e tratamentos.
Em suas propriedades, Orégano retarda o envelhecimento! Estudos recentes desenvolvidos na Unicamp descobriram no orégano cerca de 200 compostos antioxidantes. Essa erva tão utilizada no mundo gastronômico combate os radicais livres, contendo em sua composição ácido fenólico e flavonoides.
Tamanha descoberta fez com que os cientistas de todo o mundo voltassem os olhos para o Brasil, principalmente por conta de seu potencial rejuvenecedor. Além disso, a Origanum vulgare possui outras propriedades benéficas ao corpo humano, como ação antimicrobiana contra a bactéria Listeria monocytogenes e microrganismos nocivos presentes nos alimentos. Isso a torna um excelente conservante natural.
A lista não para por aí, o orégano elimina as toxinas do nosso organismo, alivia dores de cabeça causadas por estresse, auxilia no tratamento de contusões e deslocamentos, diminui inchaços, limpa os pulmões, dentre outros efeitos favoráveis à nossa saúde.
Entretanto, a erva deve ser utilizada sem ir ao fogo para não perder seus princípios ativos. Portanto, ao fazer pizza ou molhos, desligue o fogão e, somente depois, polvilhe o orégano. Tempere sua vida com orégano, mas com parcimônia, sem usá-lo em excesso. Quando utilizado com exagero, ele dá sabor amargo aos pratos.
Além disso, a erva ajuda na prevenção da gripe; fonte de diversos nutrientes, ajuda a desintoxicar o corpo e fortalecer os ossos; diminui inflamações; previne doenças do coração; ajuda a regular o ciclo menstrual, atua no sistema digestivo diminuindo a formação de gases e prevenindo cólicas intestinais. Possui uma leve ação diurética, isso auxilia na circulação sanguínea e também evita inchaço, variações de peso extremas e dores nas pernas.
Possui ação antifúngica. Na Ginecologia Natural ele ajuda no combate de fungos como a cândida, através da substância ativa no orégano, o carvacrol que possui propriedade de inibir o crescimento desse fungo.
A erva também estimula o sistema imunológico, devido à presença de timol. O orégano não contém colesterol, no entanto, é uma rica fonte de fibra dietética, no qual ajuda a controlar os níveis de colesterol no sangue.

Fonte: André Ferraz Aromaterapia Blog: Encontro com a Natureza (http://www.encontrocomanatureza.blogspot.com/)
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *